Ciência e Saúde

23/Set/2021 14:27h
Nos EUA, homem com doença rara recebe rim transplantado do próprio marido
23/Set/2021 09:01h
Oficinas de teatro e dança com idosos vão virar espetáculos
22/Set/2021 09:00h
Gente do campo: Johanna Döbereiner descobriu que plantas podem gerar seu próprio adubo interagindo ...
21/Set/2021 09:00h
Atendimento deve englobar pacientes com demência e seus cuidadores
19/Set/2021 19:35h
Por que as drogas psicodélicas estão mais perto do mercado convencional
Ver todas

Notícia

  • Urina Tipo I

    O que é
    Exame comum, que analisa a densidade, o PH, a glicose, as proteínas e diversos outros componentes da urina. É uma rotina de qualquer check-up.

    Para que serve
    Ajuda na investigação de infecções e/ou disfunções do sistema urinário e também no controle de doenças hipertensivas e metabólicas (como diabetes).

    Como é feito
    Através coleta simples, em um recipiente apropriado (fornecido pelo laboratório) da primeira urina da manhã. Pode ser feito em casa, desde que o exame seja levado ao laboratório em até 30 minutos.

    Preparo
    Pede-se limpeza da região genital, evitar colher a urina imediatamente antes, durante e imediatamente após a menstruação, evitar exercício físico intenso e informar do uso de medicamentos.

    Valores de referência
    São qualitativos e quantitativos. A urina não deve conter sangue (hemoglobina), proteínas, cetonas, glicose, bilirrubina, nitritos e bactérias. É normal a presença de raras/poucas: células epiteliais, cilindros hialinos e cristais de oxalato de cálcio.

    Cor: amarelada
    Aspecto: límpido
    Odor: sui gêneris
    pH: 5,5 a 6,5
    Densidade: 1,010 a 1,025
    Urobilinogênio: <1mg/dL
    Leucócitos: até 10.000/m
    Hemácias: até 10.000/ml



    Fonte: Uol - Saúde.