Ciência e Saúde

28/Fev/2020 13:25h
México confirma primeiro caso de Covid-19
28/Fev/2020 13:23h
Com o alerta do coronavírus, Diocese de Uberlândia altera ritos nas missas e celebrações como medida...
28/Fev/2020 13:11h
Os sinais que indicam nova alta da dengue no Brasil em 2020
28/Fev/2020 13:00h
Cientistas detectam a maior explosão no espaço depois do Big Bang
28/Fev/2020 11:15h
Exames em cachorro detectam baixos níveis de coronavírus, segundo governo de Hong Kong
Ver todas

Exames

  • ÁCIDO 5-HIDROXI-INDOL-ACÉTICO (Dosagem na urina)

    Descrição:
    Sinonímia: Metabolito de serotonina, 5-HIAA.

    Material: Urina de 24 horas com conservador ácido. Enviar amostra de 25 mL, com informação do volume total.

    Colheita, conservação: Colher urina de 24 horas no terceiro dia de dieta, em frasco contendo HCl a 50%, 20 mL por litro de urina. Conservar a urina em geladeira durante a colheita.

    Preparo do paciente: O paciente deverá seguir dieta específica e evitar medicamentos durante 3 dias.

    Método: HPLC, com detecção amperométrica.

    Interferentes: Acetaminofen, derivados da rauwolfia, inibidores da MAO, levodopa, imipramina, metildopa, fenotiazina, ACTH, etanol, 5-FU, guaiacolato.

    Valores normais: 2 - 8 mg/24 h.

    Interpretação: Utilizado no diagnóstico da síndrome e tumores carcinóides. Valores acima de 15 mg/24h são altamente sugestivos de tumor carcinóide. Está bastante aumentado em tumores carcinóides metastáticos. Aumentos mais discretos podem ser vistos em tumores carcinóides ovarianos, espru, doença celíaca, "oat cell" carcinoma do brônquio, adenoma brônquico tipo carcinóide. Alguns pacientes com tumor carcinóide podem ter 5 HIAA urinário normal; em geral estes pacientes não apresentam síndrome carcinóide.

    Exames relacionados: -