Ciência e Saúde

23/Set/2021 14:27h
Nos EUA, homem com doença rara recebe rim transplantado do próprio marido
23/Set/2021 09:01h
Oficinas de teatro e dança com idosos vão virar espetáculos
22/Set/2021 09:00h
Gente do campo: Johanna Döbereiner descobriu que plantas podem gerar seu próprio adubo interagindo ...
21/Set/2021 09:00h
Atendimento deve englobar pacientes com demência e seus cuidadores
19/Set/2021 19:35h
Por que as drogas psicodélicas estão mais perto do mercado convencional
Ver todas

Exames

  • SÓDIO (Dosagem no urina)

    Descrição:
    Sinonímia: Na urinário.

    Material: Urina. Volume mínimo: 10,0 mL.

    Colheita, conservação: Manter a amostra sob refrigeração.

    Preparo do paciente: -

    Método: Fotometria de chama

    Interferentes: -

    Valores normais: 40 a 220 mEq/L; varia com a dieta (40 a 220 mol/L).

    Interpretação: O teste é útil na avaliação do equilíbrio hidro-satino. Importante no diagnóstico diferencial oliguria pré-renal (Na urinário inferior a lO mEq/L e renal (Na urinário superior a 10 mEq/L. S6dio urinário elevado pode estar presente na insuficiência adrenal, acidose tubular renal, diureticoterapia. A quase totaliza-se do sódio recebido pelo organismo é, em condições normais, excretado pelos rins. Melhor informação pode ser obtida pela medida da fração de excreção do sódio - FENA (9ó do sódio filtrado que é excretado). Talmedida implica na determinação do sódio urinário e mais sódio sérico, e creatininas urinária e sérica. Em condições normais a FENA varia de 0,5 a 1,0º~ó.

    Exames relacionados: Potássio urinário, depuração de creatinina.