Ciência e Saúde

23/Set/2021 14:27h
Nos EUA, homem com doença rara recebe rim transplantado do próprio marido
23/Set/2021 09:01h
Oficinas de teatro e dança com idosos vão virar espetáculos
22/Set/2021 09:00h
Gente do campo: Johanna Döbereiner descobriu que plantas podem gerar seu próprio adubo interagindo ...
21/Set/2021 09:00h
Atendimento deve englobar pacientes com demência e seus cuidadores
19/Set/2021 19:35h
Por que as drogas psicodélicas estão mais perto do mercado convencional
Ver todas

Exames

  • PROVA DE ABSORÇÃO DE SACAROSE

    Descrição:
    Sinonímia: Prova de tolerância à sacarose

    Material: Plasma fluoretado. Volume mínimo: 0,5 mL.

    Colheita, conservação: O sangue é colhido em jejum, 15, 30, 60 e 90 minutos após a ingestão de sacarose Separar o plasma logo após a colheita. Se o exame não for realizado no mesmo dia congelar as amostras.

    Preparo do paciente: Jejum de 4 horas para crianças e 8 horas para adultos. A sacarose é administrada por via oral na dose de 2g/kg de peso corporal, com dose máxima de 50g.

    Método: Dosagem de glicose por método enzimático, automatizado.

    Interferentes: -

    Valores normais: Elevação de 20 a 25 mg/dL na glicemia, após a administração da sacarose.

    Interpretação: Uma curva plana, com elevação da glicemia inferior a 20 mg/dL com relação ao valor basal, é indicativa de deficiência da dissacaridase específica.

    Exames relacionados: Absorção da D-xilose, absorção de triglicérides, dosagem/pesquisa de gordura fecal.