Ciência e Saúde

25/Jun/2021 11:25h
Nova espécie de ancestral humano é descoberta em Israel
24/Jun/2021 23:01h
Brasil se aproxima de 510 mil mortes por Covid, com 2.042 registradas nas últimas 24 horas
24/Jun/2021 21:13h
Especialista diz à CPI que 'falsa sensação de segurança' com drogas ineficazes é 'mais grave' que ef...
24/Jun/2021 11:28h
Óvnis: o que se sabe sobre relatório inédito do Pentágono
24/Jun/2021 09:00h
Programa de universidade oferece assistência para idosos que sofreram quedas acidentais
Ver todas

Exames

  • PROVA DE ABSORÇÃO DE SACAROSE

    Descrição:
    Sinonímia: Prova de tolerância à sacarose

    Material: Plasma fluoretado. Volume mínimo: 0,5 mL.

    Colheita, conservação: O sangue é colhido em jejum, 15, 30, 60 e 90 minutos após a ingestão de sacarose Separar o plasma logo após a colheita. Se o exame não for realizado no mesmo dia congelar as amostras.

    Preparo do paciente: Jejum de 4 horas para crianças e 8 horas para adultos. A sacarose é administrada por via oral na dose de 2g/kg de peso corporal, com dose máxima de 50g.

    Método: Dosagem de glicose por método enzimático, automatizado.

    Interferentes: -

    Valores normais: Elevação de 20 a 25 mg/dL na glicemia, após a administração da sacarose.

    Interpretação: Uma curva plana, com elevação da glicemia inferior a 20 mg/dL com relação ao valor basal, é indicativa de deficiência da dissacaridase específica.

    Exames relacionados: Absorção da D-xilose, absorção de triglicérides, dosagem/pesquisa de gordura fecal.