Ciência e Saúde

25/Jun/2021 11:25h
Nova espécie de ancestral humano é descoberta em Israel
24/Jun/2021 23:01h
Brasil se aproxima de 510 mil mortes por Covid, com 2.042 registradas nas últimas 24 horas
24/Jun/2021 21:13h
Especialista diz à CPI que 'falsa sensação de segurança' com drogas ineficazes é 'mais grave' que ef...
24/Jun/2021 11:28h
Óvnis: o que se sabe sobre relatório inédito do Pentágono
24/Jun/2021 09:00h
Programa de universidade oferece assistência para idosos que sofreram quedas acidentais
Ver todas

Exames

  • pH VAGINAL

    Descrição:
    Sinonímia: Pesquisa de acidez vaginal.

    Material: Secreção vaginal.

    Colheita, conservação: A secreção vaginal é colhida com o auxílio de alça de platina ou pipeta, e colocada imediatamente sobre a fita indicadora de pH, que deve cobrir uma faixa de pH entre 3,0 e 8,0.

    Preparo do paciente: A paciente não deve estar fazendo uso de medicações tópicas.

    Método: Colorimétrico.

    Interferentes: Uso de medicação tópica.

    Valores normais: De 3,5 a 4,5.

    Interpretação: A determinação do pH vaginal é útil no auxílio diagnóstico das infecções vaginais por germes que alteram o pH normal, como por exemplo as infecções por Gardnerella vaginalis, que cursam Com pH vaginal superior a 4,5.

    Exames relacionados: Cultura de secreção vaginal, antibiograma, Gram. de secreção vaginal, pesquisa de "clue cells", cultura para Gardnerella.