Ciência e Saúde

28/Jun/2022 09:00h
A vida depois de uma doença grave
26/Jun/2022 09:01h
O mito do abismo entre as gerações
24/Jun/2022 04:00h
Harvard responderá processo sobre fotos de escravos feitas para pesquisa racista em 1850
23/Jun/2022 17:00h
Kemune: a cidade de 3,4 mil anos que reapareceu no Iraque devido à seca
23/Jun/2022 09:01h
Vem aí a nutrição de precisão
Ver todas

Exames

  • ECOLIENTEROPATOGÊNICA (Pesquisa nas fezes)

    Descrição:
    Sinonímia: Colienteropatogênico, Escherichia coli patogênica.

    Material: Fezes. Peso mínimo: 5g.

    Colheita, conservação: Fezes, de preferência em conservador. Enviar ao laboratório no máxima até 3 horas após a colheita, caso não esteja no conservador.

    Método: Imunofluorescência, cultura e soroaglutinação.

    Interferentes: Antibióticos.

    Valores normais: Negativo.

    Interpretação: A pesquisa de E.coli patogênica é feita de rotina nas culturas de fezes de crianças até 4 anos, onde sua incidência é mais freqüente; mas pode ser causa de diarréia também em indivíduos fora desta faixa etária, podendo ser pesquisada isoladamente. São pesquisados os seguintes sorogrupos de E.coli patogênica: 026-B6, 086-B7, 0127B8, 055-B5, 0111-B4, 0119-B14, 0125-B15, 0126-B16, 0128-B12.

    Exames relacionados: Cultura de fezes, exame parasitológico, pesquisa de rotavírus, cultura para Campylobacter, cultura para Yersínia.