Ciência e Saúde

23/Set/2021 14:27h
Nos EUA, homem com doença rara recebe rim transplantado do próprio marido
23/Set/2021 09:01h
Oficinas de teatro e dança com idosos vão virar espetáculos
22/Set/2021 09:00h
Gente do campo: Johanna Döbereiner descobriu que plantas podem gerar seu próprio adubo interagindo ...
21/Set/2021 09:00h
Atendimento deve englobar pacientes com demência e seus cuidadores
19/Set/2021 19:35h
Por que as drogas psicodélicas estão mais perto do mercado convencional
Ver todas

Exames

  • CULTURA E PESQUISA DE LEPTOSPIRA

    Descrição:
    Sinonímia: Cultura para doença de Weil, cultura para leptospira, leptospirose.

    Material: Urina colhida no jato médio.
    Volume mínimo: 10mL. Sangue.
    Volume mínima:5,0mL (colhido com EDTA).

    Colheita, conservação: Urina colhida no jato médio, após assepsia. Contactar a seção técnica antes da colheita do material.

    Preparo do paciente: 0 paciente deverá estar fazendo uso de dieta adequada e bicarbonato de sódio,1 colher das de chá de 4 em 4 horas por 2 dias, para obtenção de urina alcalina e não estar em uso de antibiótica.

    Método: Cultura em meios de Fletcher, Stuart ou EMJH e identificação por microscopia em campo escuro e coloração de Fontana-Tribondeau.

    Interferentes: Uso de antibióticos, urina ácida.

    Valores normais: Negativo.

    Interpretação: 0 isolamento da Leptospira sp em hemoculturas é possível durante a primeira semana de doença e dificilmente pode ser conseguido após este período. Na urina as leptospiras geralmente estão presentes após a primeira semana de doença, quando já desapareceram do sangue, e sua eliminação pode persistir por 2 a 3 meses. A concentração de leptospiras na urina humana é baixa e a eliminação das mesmas pode ser intermitente.

    Exames relacionados: Pesquisa de leptospira, sorologia para leptospirose.