Ciência e Saúde

28/Jun/2022 09:00h
A vida depois de uma doença grave
26/Jun/2022 09:01h
O mito do abismo entre as gerações
24/Jun/2022 04:00h
Harvard responderá processo sobre fotos de escravos feitas para pesquisa racista em 1850
23/Jun/2022 17:00h
Kemune: a cidade de 3,4 mil anos que reapareceu no Iraque devido à seca
23/Jun/2022 09:01h
Vem aí a nutrição de precisão
Ver todas

Exames

  • AUTOVACINA

    Descrição:
    Sinonímia: Vacina autógena.

    Material: Secreção de orofaringe de furúnculo, de amigadas ou qualquer outro material, ou a partir de bactérias isoladas do próprio paciente e conservadas adequadamente .

    Colheita, conservação: Colher o material de acordo com as instruções para cultura. Em material enviado, colocar a cepa em meio de transporte.

    Método: Diluição e esterilização do microrganismo pelo calor.

    Interferentes: É contra indicada a vacina se a bactéria isolada for um estreptococo beta-hemolítico do grupo A.

    Interpretação: Utilizada no tratamento de determinadas infecções bacterianas de caráter crônico ou recidi-vante. como faringites e amigdalites, furunculose, sinusites e outras e também como tratamento auxiliar em processos alérgicos associados (rinite, bronquite, etc.). Recomenda-se sua aplicação de preferência por via subcutânea (1 aplicação a cada 5 dias, em doses crescentes de 0.1 mL até o volume de 1,0 mL). Pode em alguns casos ser aplicada por via oral sob forma de spray os sublingual (nestes casos diariamente, com intervalo de 12 horas).

    Exames relacionados: Cultura, Antibiograma.