Ciência e Saúde

18/Jun/2021 23:00h
Brasil se aproxima das 500 mil mortes por Covid-19; número de novos casos bate recorde desde início ...
18/Jun/2021 21:44h
Espécie de peixe que já foi considerada extinta com os dinossauros pode viver por 100 anos e ainda e...
18/Jun/2021 17:20h
Ajude a Nasa a escolher o nome do manequim que irá a bordo da próxima missão à Lua
18/Jun/2021 13:44h
'Tive transtorno pós-traumático após minha filha nascer', diz britânico
18/Jun/2021 11:36h
5 perguntas sobre os denisovanos, 'parentes' extintos dos humanos modernos que viveram na Terra há 5...
Ver todas

Exames

  • AMILASE (Determ. da atividade no soro, líquido ascitico ou pleural)

    Descrição:
    Sinonímia: Amilasemia (para a dosagem no soro).

    Material: Soro ou líquidos cavitários. Volume mínimo: 0,5 mL de soro, 1,0 mL de líquidos cavitários.

    Colheita, conservação: A enzima é relativamente estável. Refrigerar o material se o exame não for realizado no mesmo dia.

    Preparo do paciente: Jejum de 4 horas para a dosagem no soro.

    Método: Cinético, automatizado.

    Interferentes: Anovulatórios e diuréticos podem aumentar os níveis da substância, in viva Contaminação das amostras com saliva resulta em níveis elevados.

    Valores normais: Até 100 U/L, no soro.

    Interpretação: A determinação no soro é útil no diagn6stico de pancreatites e parotidites. Aumentos são vistos também em infarto ou perfuração intestinal, peritonite, gravidez ectópica, apendicite, doenças de vias biliares, cetoacidose diabética, alguns tumores pulmonares ou ovarianos, traumas, queimaduras. Na insuficiência renal há aumentos, mas raramente chegando a níveis 3 vezes superiores ao normal. Valores elevados no líquido acético ocorrem em pancreatites e perfurações intestinais e no líquido pleural em perfurações do esôfago ou na pancreatite com formação de fístula. Nos Líquidos cavitários o valor deve ser superior ao normal pelo menos 3 vezes para atingir valor diagnóstico.

    Exames relacionados: Amilase na urina.