Ciência e Saúde

03/Jul/2022 10:00h
Por que somos mais sujeitos a tonturas ao envelhecer
30/Jun/2022 09:01h
Por que a desigualdade é um fator de risco para o Alzheimer
28/Jun/2022 09:00h
A vida depois de uma doença grave
26/Jun/2022 09:01h
O mito do abismo entre as gerações
24/Jun/2022 04:00h
Harvard responderá processo sobre fotos de escravos feitas para pesquisa racista em 1850
Ver todas

Exames

  • BLASTOMICOSE

    Descrição:
    Sinonímia: Paracoccidioidomicose, anticorpos anti-Paracoccidioides brasiliensis.

    Material: Soro. Volume mínimo: 1,0 mL.

    Colheita, conservação: Se o exame não for realizado no mesmo dia, congelar a amostra.

    Preparo do paciente: Jejum de 6 horas.

    Método: Fixação do complemento, contraimunoeletroforese e imunodifusão dupla.

    Interferentes: Hemólise e lipemia excessivas.

    Valores normais: Fixação do complemento: inferior a 1/8.

    Imunodifusão dupla: negativo.

    Contraimunoeletroforese : negativo.

    Interpretação: Teste útil no diagn6stico da blastomicose, infecção causada pelo Paracoccidioides brasiliensis. Os títulos de fixação do complemento de 1/8 e 1/16 são sugestivos da doença, mas títulos iguais ou maiores que 1/32 confirmam o diagnóstico. As reações de imunodifusão e contraimunoetetroforese podem ser mais sensíveis e específicas, embora reações negativas não afastem a possibilidade da doença. Reações cruzadas podem ocorrer com outras doenças causadas por fungos, especialmente a Histoplasmose, mas nestes casos os títulos são sempre baixos.

    Exames relacionados: Histoplasmose, aspergilose.