Ciência e Saúde

03/Jul/2022 10:00h
Por que somos mais sujeitos a tonturas ao envelhecer
30/Jun/2022 09:01h
Por que a desigualdade é um fator de risco para o Alzheimer
28/Jun/2022 09:00h
A vida depois de uma doença grave
26/Jun/2022 09:01h
O mito do abismo entre as gerações
24/Jun/2022 04:00h
Harvard responderá processo sobre fotos de escravos feitas para pesquisa racista em 1850
Ver todas

Exames

  • TEMPO DE SANGRAMENTO

    Descrição:
    Sinonímia: TS, tempo de sangria.

    Material: -

    Colheita, conservação: Punção, com tanceta descartável, no glóbulo da orelha, cronometrando-se o tempo sangramento.

    Preparo do paciente: Jejum não necessário.

    Método: Método de Duke.

    Interferentes: Medicamentos que interferem na coagulação, anticoncepcionais orais, aspirina.

    Valores normais: 1 a 3 minutos.

    Interpretação: O TS mede a reação dos capilares à lesão; tal reação depende de plaquetas, de fatores plasmáticos, do endotélio e da contratilidade capilar. O TS estará alterado nas situações de alterações vasculares (Purpura de Henoch-Schoenlein, criogfobulinemias, telangiectasia capilar), nas pfaquetopenias (primárias ou se-cundárias) ou nos defeitos qualitativos das ptaquetas (Von Wif(ebrand, trombastenia de Gtanzmann, trombo-patias adquiridas) e na presença de inibidores da função ptaquetária (AAS, Dextran, fenilbutazona e outros).

    Exames relacionados: Coagulograma, contagem de ptaquetas, retração do coágulo.