Ciência e Saúde

03/Jul/2022 10:00h
Por que somos mais sujeitos a tonturas ao envelhecer
30/Jun/2022 09:01h
Por que a desigualdade é um fator de risco para o Alzheimer
28/Jun/2022 09:00h
A vida depois de uma doença grave
26/Jun/2022 09:01h
O mito do abismo entre as gerações
24/Jun/2022 04:00h
Harvard responderá processo sobre fotos de escravos feitas para pesquisa racista em 1850
Ver todas

Exames

  • HEMOGLOBINA A2

    Descrição:
    Sinonímia: HbA2.

    Material: Sangue com EDTA. Volume mínimo: 5,0 mL.

    Colheita, conservação: Se o exame não for realizado no mesmo dia, conservar a amostra até no máximo 2 horas entre 4º C e 8º C, sem contato com gelo. É conveniente fazer 2 esfregaços, secá-los ao ar e fixá-los metanol por 10 minutos.

    Preparo do paciente: Jejum de 4 horas.

    Método: Eletroforese em acetato de celulose com determinação das hemoglobinas após eluição. Para diminuir a variação inerente ao método utilizamos várias fitas de acetato e procedemos à eluição do conjunto d mesmas.

    Interferentes: As hemoglobinas C e E correm na eletroforese na mesma região da HbA2. No caso de ocorr0n-cia destas hemoglobinas a dosagem de HbA2 ficará prejudicada.

    Valores normais: 1,5 a 3,59o.

    Interpretação: A HbA2 está geralmente aumentada nos estigmas talassêmicos (heterozigotos para talassemia) e na talassemia major. A HbA2 está diminuída na anemia microcítica ferropriva e nas delta-talassemias.*

    Exames relacionados: Hemograma, reticulócitos, eletroforese de Hb.