Ciência e Saúde

03/Jul/2022 10:00h
Por que somos mais sujeitos a tonturas ao envelhecer
30/Jun/2022 09:01h
Por que a desigualdade é um fator de risco para o Alzheimer
28/Jun/2022 09:00h
A vida depois de uma doença grave
26/Jun/2022 09:01h
O mito do abismo entre as gerações
24/Jun/2022 04:00h
Harvard responderá processo sobre fotos de escravos feitas para pesquisa racista em 1850
Ver todas

Exames

  • TESTOSTERONA LIVRE

    Descrição:
    Sinonímia: -

    Material: Soro, plasma EDTA ou plasma heparinizado. Volume mínimo: 0.5 mL.

    Colheita. conservação: Se o exame não for realizado no mesmo dia, congelar a amostra.

    Preparo do paciente: Jejum de 4 horas.

    Método: Radioimunoensaio.

    Interferentes: -

    Valores normais: Sexo feminino: Após 60 anos: de 0,9 a 3,2 pg/mL. (31 a 1 nmol/L) 0,4 a 2,2 pg/mi. (14 a 76 nmol/L)

    Sexo masculino: de 18 a 40 pg/mL. (624 a 1387 nmol/L) Após 60 anos: 10 a 26 pg/mL. (347 a 901 nmol/L.)

    Interpretação: O efeito metabólico da testosterona é realizado pela fração livre. que não sofre influência dos níveis de proteína carregadora circulante (SHBG). É útil no diagnóstico do hirsutismo no sexo feminino e do hipogonadisrno no sexo masculino.

    Exames relacionados: Testosterona, cortisol, sulfato de dehidroepiandro, terona, androstenediona.